Janeiro 2021 ~ OrbFM

Seja Bem vindo a OrbFM

Aqui só toca as melhores! Toca o seu, o nosso coração!

Conheça o Orbati a rede do Brasil

Acesse orbati.com e conheça a rede social do Brasil, com o nosso jeito de ser e fazer amigos!

Vem ai o Orb1, um novo jeito de ficar informado!

Prepare-se, está chegando o Orb1, um super portal de notícias e informação especialmente pra você!.

A OrbFM Toca Você!

A OrbFM é web rádio que toca o meu, o seu, o nosso coração! Porque Aqui só toca sucesso!

This is default featured slide 5 title

O OrbTV é Canal no Youtube, Instagram e outras plataformas, é Blog e webtv, e faz tudo pra fazer a sua felicidade. Vem ver o OrbTV!

sábado, 16 de janeiro de 2021

MC Kekel se une a Niack na batida de 'Nervosinha'

 

A temporada de verão tem gerado série de músicas gravadas com a ambição de que se tornem o grande hit da estação.

O single Nervosinha – lançado na sexta-feira, 15 de janeiro, com gravação que junta MC Kekel com MC Niak, ambos nomes do universo do funk paulista – apresenta uma dessas músicas candidatas a hit do verão de 2021.


Com produção musical orquestrada pelo trio Dogz (leia-se Pablo Bispo, Sergio Santos e Ruxell), a gravação de Nervosinha está sendo promovida em single e clipe através de parceria da gravadora Som Livre com a Kondzilla Records.


Por alguns versos da música (“Ó que doideira, né? / Ela desce até o chão / Você quer fazer de tudo / Pra chamar minha atenção / Vai sentar nervosinha / Rebolar nervosinha / Se tu tá reclamando / Eu parto pras amiguinhas”), já para perceber o teor sexual e machista da letra que embala o batidão de Nervosinha.


Confira com a gente este novo sucesso do verão:



Fonte: G1

sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

'É o funk unido à medicina': MC Fioti grava novo vídeo de 'Bum Bum Tam Tam' na sede do Butantan

 

    O "Bum Bum Tam Tam" chegou ao Butantan. Agora, literalmente.

Nesta sexta-feira (15), depois de alcançar quase 1,6 bilhão de visualizações do vídeo "Bum Bum Tam Tam" no YouTube, o funkeiro MC Fioti gravará uma nova versão do sucesso descrito como o "hino da vacina" nos corredores da sede do instituto Butantan, em São Paulo.

Lançada em 2017, a música alçou o clipe do paulista de 26 anos aos 30 vídeos mais vistos da história do YouTube em todo o mundo. Nas últimas semanas, ela ganhou novo impulso com o avanço nos testes da CoronaVac, a vacina da farmacêutica chinesa Sinovac que está sendo desenvolvida no Brasil em parceria com o Instituto Butantan.

O anúncio foi feito pelo próprio MC Fioti em entrevista vídeoconferência à BBC News Brasil.

"Vamos fazer o novo clipe baseado no contexto original da Bum Bum Tam Tam", conta o funkeiro. "Na nova versão, o gênio dá três desejos: a gente vai pedir paz e saúde para a população e a cura para o coronavírus", revela Fioti.

O vídeo original mostra uma paródia com referências ao clássico Mil e Uma Noites, incluindo um "gênio da lâmpada" concede desejos a MC Fioti e sua trupe, em uma espécie de harém.

A letra foi atualizada para a nova gravação: "A vacina envolvente que mexe com a mente / de quem tá presente. A vacina saliente / vai curar muita vida e salvar muita gente. Vem cá vacina, tam / Vem cá vacina tam tam tam".

"O nosso funk está se agregando à medicina e isso nunca aconteceu na história", diz o músico, que diz ainda tentar entender como a música acabou sendo associada à vacina.

"Nós soubemos pelos memes."


Apoio à vacina

Em meio à polarização em torno da vacina, MC Fioti defende a imunização.
"Fico muito feliz porque de alguma forma estou podendo ajudar através da música, com alegria, e incentivando as pessoas a tomar a vacina. Tem muita gente aqui no Brasil
que fica em cima do muro, que não quer tomar a vacina e tal", diz.

"Eu vou tomar. Com certeza."

O governo de São Paulo anunciou em 12 de janeiro os resultados finais dos testes de
eficácia da CoronaVac.

De acordo o diretor de pesquisa do Instituto Butantan, Ricardo Palácios, os estudos
apontaram que a eficácia geral da vacina é de 50,38%. O dado foi obtivo com testes feitos
em 12.508 voluntários no país, todos profissionais de saúde. Segundo Palácios, os profissionais de saúde foram escolhidos porque têm uma exposição maior ao vírus.
todas as pessoas que ficaram doentes independentemente da gravidade da doença.

Nenhum dos infectados precisou de internação hospitalar, informou o Instituto Butantan.
Com base nesta série de resultados, o governo paulista e o Butantan enviaram à Anvisa o pedido de autorização para o uso emergencial e o registro definitivo da vacina no país.
Uma decisão deve ser anunciada neste fim de semana.

Esse dado é a taxa global de eficácia da CoronaVac, ou seja, os desfechos primários, que incluem 

"Acredito que Bach ia amar"

O que muita gente não não sabe é que a flauta que funciona como fio condutor de "Bum
Bum Tam Tam" é um trecho alterado de uma melodia do século 18.
Vem de Partita em Lá menor para flauta solo, composta pelo alemão Johann Sebastian
Bach, a "flauta envolvente que mexe com a gente" descrita na letra do funk.

À reportagem, MC Fioti descreve o funk como um ritmo diverso, fruto de influências que
vão do rap norte-americano aos clássicos. Acima de tudo, diz o paulista, é "um ritmo nosso, brasileiro".

"Às vezes, nós valorizamos uma música que é de fora e não valorizamos a nossa. O ator
de fora e não o nosso. O diretor de cinema de fora e não o nosso. Então vamos começar a valorizar a cultura brasileira porque é isso nosso, a gente não pegou de ninguém."
Aos críticos do ritmo, que associam o funk à violência ou ao sexo, Fioti pede para que
"não julguem o livro pela capa".

"Muitas vezes as pessoas não conhecem a história, não convivem com o estilo e querem
falar pelo passado. Eu peço que parem de criticar, porque mudou a nossa vida e está
mudando muitas vidas de jovens na periferia. Quantas pessoas trabalham com o funk
hoje e levam o alimento para dentro de casa? Isso é errado? Isso salva vidas, tira do crime,
tira moleque da rua", diz.

"Você não precisa amar o funk. Só para de falar que ele não presta porque você está promovendo discórdia sobre um movimento que passa muito sufoco, sofre muito e aos
poucos está vencendo", diz.

"Eu entendo que tem as letras de ousadia e as letras conscientes. E tem também a realidade,
o 'proibidão' que eles chamam. Não é porque você não gosta da música de ousadia que
não vai gostar da consciente. Não é só porque nessa aqui fala "bumbum" que você tem
que desprezar o contexto todo."



Veja mais em G1

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Taylor Swift volta ao topo da parada americana de álbuns com "evermore"

 


Pela terceira semana não consecutiva, Taylor Swift voltou a encabeçar a parada de álbuns dos EUA. Foram vendidos o equivalente a mais 56 mil cópias do trabalho, sendo 16 mil nos formatos tradicionais. "Whole Lotta Red" de Playboi Carti que, há sete dias, estava no topo, caiu para a quinta posição.


Em uma semana sem nenhum grande lançamento, algo comum no período pós festas de fim de ano, o ranking não teve uma única estreia no top 100. Entre os dez mais, nota-se apenas a reentrada dos discos de Juice WRLD e Lil Baby, em nono e décimo lugar, subindo duas e três posições respectivamente, e as saídas de "folklore", outro trabalho de Taylor Swift, e "Music To Be Murdered By" de Eminem que estavam n sexta e décima colocações na última semana.



Gusttavo Lima rebate crítica por ter lançado a faixa "Balada do Buteco" em meio à pandemia

 


Gusttavo Lima usou suas redes sociais para rebater alguns comentários negativos que recebeu por ter lançado a faixa "Balada do Buteco" em meio à pandemia do novo coronavírus.


O músico sertanejo, que estreou o single nas plataformas digitais na última sexta-feira (7), ficou entre os principais tópicos do Twitter principalmente após a crítica feita pelo jornalista Mauro Ferreira, do G1, ter repercutido bastante entre os internautas.

Na matéria, o jornalista afirma que a música "foi lançada na pior hora possível", por estar falando sobre festa e curtição em bar no momento em que o Brasil chega aos 200 mil mortos devido à Covid-19, acrescentando que "faltou discernimento ao artista e à gravadora Sony".

Após ver o assunto circulando nas redes, Gusttavo rebateu: "Ahhh desculpa, da próxima vou pedir autorização pra lançar uma música nova... fechou? kkk. Era só o que faltava", escreveu ele.

"Não espere pela aprovação de ninguém, ok? Você só é responsável pelo que você faz, fala e pelo o que EMITE... E não pelo o que as pessoa opinam ao seu respeito", acrescentou Gusttavo.

"Balada do Buteco" é a primeira faixa lançada pelo cantor em 2021 e faz parte do projeto "O Embaixador The Legacy".



domingo, 10 de janeiro de 2021

'Bum bum tam tam' vira 'hino' da CoronaVac, e MC Fioti faz versão: 'A vacina é saliente, vai curar muita vida e salvar muita gente'

 


O funk "Bum bum tam tam" virou um "hino" nas redes sociais em homenagem ao Butantan após o anúncio sobre a vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o instituto paulista.

Logo após o anúncio sobre a eficácia da vacina na quinta-feira (7), vídeos com o funk exaltando o Butantan viraram meme. Imagens de uma projeção em um prédio que cita a música, o Butantan e o SUS também se espalharam nas redes.

MC Fioti, autor e cantor de "Bum bum tam tam", a música brasileira mais ouvida na história do YouTube, reproduziu os memes e fez uma breve versão na manhã desta sexta. Veja como ficou a versão da música no vídeo abaixo:



Fonte: G1

OrbFM a web rádio que toca você!!!

 


As melhores músicas, os sucessos e os grandes talentos estão aqui na OrbFM a web rádio que toca você!!!